Archive for julho \22\UTC 2011|Monthly archive page

Habilitar logs de boot no Debian

Em meu dia a dia como administrador de servidores Linux, deparo-me com diferentes distribuições. A que menos trabalho é o Debian (em geral fico na linha RedHat-like e minha preferência pessoal, o Slackware).

Cada distro tem suas peculiaridades e por isto, as vezes, é necessário um pouco de pesquisa para encontrar algo que em outras é padrão. Foi o caso das mensagens de boot. Em geral consigo analisar seus logs sem necessidade de quaisquer alterações. No Debian, no entanto, descobri que precisaria alterar um arquivo de configuração para isto! Fica aqui a dica (a pesquisa que respondeu primeiramente minha dúvida foi esta):

# /etc/default/bootlogd

trocar para:

BOOTLOGD_ENABLE=Yes
Anúncios

O que fazer com cartões (de crédito) indesejados?

Eu estava “passeando” pelo excelente Efetividade.net do Augusto Campos, quando encontrei este texto muito bom:

Utilidade extra para seus cartões indesejados

Tem dicas muito interessantes! Vale a pena conferir.

FISL 12, eu fui!

Na semana passada aconteceu o FISL 12 e eu, mais uma vez, estava presente. O pessoal do SLVS estava marcando presença como sempre. No entanto, alguns outros velhos conhecidos que sempre encontro por lá, este ano não estavam.

Até sexta-feira (01/07) o número de participantes eram quase 5 mil. Hoje fui consultar e está registrado quase 7 mil. Intrigante! :s Ouvi alguns amigos comentando que parecia menos cheio que em outros anos. Em parte concordo…

Assim que me organizar melhor (estou colocando o serviço em dia agora!), comento sobre algumas palestras interessantes que assisti…

OBS.: este post era para ter sido publicado uma semana atrás! Ficou como rascunho… acho que estava muito atucanado!

Opções de compilação PostgreSQL

Hoje eu estava trabalhando na migração de um servidor para um cliente e precisava reproduzir o ambiente de produção. Como entrei no projeto já em andamento, nem tudo tenho controle ou consigo resgatar através da documentação.

Dentre as necessidades, eu precisava levantar as opções de compilação do banco PostgreSQL instalado. O diretório de compilação já não existia mais. Pensei “deve existir uma maneira…”. “Oh poderoso google, responda-me!”. E eis a solução:

http://www.postgresql.org/docs/current/static/app-pgconfig.html

O que eu procurava de mais imediato era a seguinte opção:

$ pg_config --configure

Mas também é possível recuperar o diretório de binários, de configurações, entre outras opções.