Renomeando um grupo de volume : da teoria à prática

Embora eu já faça uso de servidores com LVM a um bom tempo, até o momento nunca havia precisado renomear nenhum Grupo de Volumes. Desde que o amigo Adriano Gomes me alertou sobre as dificuldades em lidar com volumes de mesmo nome em 2 discos diferentes em um único servidor (para voltar uma cópia, por exemplo), tenho tomado o cuidado para criar nomes únicos para meus Volumes.

Apesar destes cuidados, recentemente acabei me passando e configurando 2 servidores com nomes que já havia definido. Mas só percebi depois de instalados e totalmente configurados! Para evitar eventuais problemas futuros, resolvi renomear o Grupo de Volumes de ambas as máquinas.

Pensando no processo e como sistemas Linux tratam tudo como arquivos, raciocinei: (1) renomeio, (2) altero a fstab e, finalmente, (3) regero o initrd e tudo estará feito! Bem a realidade me mostrou que não foi bem assim…

Minha linha de raciocínio confirmou-se com esta discussão [1]. Então vamos ao passos:

1. carga do servidor com meu Slackware, para poder alterar o nome do volume

2. ativação Grupo de Volume

# vgchange -ay

3. alteração do nome do Grupo de volume

# vgrename NomeAntigo NomeNovo

4. montagem das partições para permitir reconstrução do ponto de inicialização

# mount /dev/NomeNovo/root /mnt
# mount /dev/sda1 /mnt/boot

5. mudança de diretório para geração do init e lilo

# chroot /mnt

6. edição da fstab e lilo para correção de apontamentos do NomeAntigo para NomeNovo

# vi /etc/fstab
# vi /etc/lilo.conf

Uma vez que consegui montar as partições, imaginei que bastaria apenas gerar o initrd novamente e regerar o lilo. Infelizmente isto não foi verdade. Toda vez que executava o mkinitrd, a execução fazia referência ao nome antigo. Tentei rapidamente alguma das sugestões encontradas aqui [1], mas não obtive êxito. Então pensei em uma solução simples e que talvez pudesse contornar meu problema. Eis a seguir o passo que tornou possível eu concluir meu processo:

7. criação de um link simbólico, apontando o antigo para o novo

# ln -s /dev/NomeAntigo /dev/NomeNovo

8. geração do initrd

# mkinitrd ....

9. regerado lilo

# lilo

 

Referências:

[1] http://www.linuxquestions.org/questions/linux-general-1/how-to-rename-a-vol-group-433993/

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: